As aventuras no quarto de Motel

As aventuras no quarto de Motel

Tem coisas que só acontecem… Só acontecem quando você vai ao local. E dentre elas, algumas muito hilárias e outras até preocupantes. aqui vão algumas aventuras em quartos de motéis que valem a pena serem compartilhadas.

Procurar um lugar mais íntimo nem sempre é uma tarefa fácil. O que era para ser simples, acaba se tornando bem complicado. Muitas vezes pelo valor do Motel ou Hotel ser acima do esperado, outras pelo período começar após às 22 horas e alguns casos, pós meia noite. E quando encontra, não tem vaga! Ou é em um lugar que nem vale a pena comentar.

Um dos lugares mais malucos que estivemos, era relativamente barato, no valor de R$ 40,00 por 12 horas. Um daqueles hotéis, que também é motel. Mesmo assim, para um público adulto que pode passar uma noite ou dia se estiver passando pela cidade de São Paulo.

Uma das coisas que mais me lembro era do gato. Sim, um gato que sempre que íamos lá ficava miando para todo o hotel escutar. Ele não atrapalhava, mas era engraçado.

Outro era o menu do lugar. Sério! Em um menu você espera dar uma olhada em comida, bebidas, algo mais sensual, mas nunca… NUNCA!!!, para comprar como souvenir do hotel, a pia, o azulejo e outras coisas malucas!

Souvenier
Interfone? Mesa da área? Porta de vidro??? Fala sério 😀

Sério, quem compra a pia do hotel como souvenir?

Ainda nesse mesmo hotel, as noites eram de aventuras. Nem todas, mas em algumas… poderiam até ter se tornado terror.
As de quase pesadelo foram casais brigando e jogando celulares na parede (“não quebra meu celular, nem terminei de pagar!”), quase agressões e o responsável tendo que ir até o quarto e pedindo respeito.

Em um outro motel, uma mulher falava com a porta aberta no celular com uma amiga pegando a mala e pedindo para ela ir a buscar porque o companheiro a havia deixado lá sozinha.

São coisas que jamais irão passar pela cabeça de pessoas que vão em um lugar em busca de prazer e paz, e acabam passando por essas coisas.

As cômicas sempre são as paredes finas! É uma “louvação” a Deus e chamar a mãe! E as mulheres com sintoma de filme pornô que só fazem o mesmo ruído? O que acho interessante, é que raramente se escuta o homem. Apenas nos momentos mais “selvagens”.

Veja também:A responsabilidade de um verdadeiro BDSM

E banheiros! Alguém poderia fazer um quarto onde o banheiro possa ficar um pouco mais isolado? Na chuveiro sem problemas, mas o famoso troninho podia ficar em uma parte mais privada.

E falando em chuveiro, heis outro item que merece atenção dos donos de estabelecimentos. Teve um hotel que tive que ficar controlando a água para ela. Era tão quente, que eu abria e fechava enquanto ríamos da situação.

A comida também fica devendo, não importa em qual. Não pela qualidade, mas sim pela limitação do menu. Tudo bem que ninguém está pensando em um lugar com uma variação enorme de pratos em um motel. Mas ter algo vegetariano ou vegano, é interessante.
Ir para um hotel ou motel para algumas horas ou um período longo de prazer, pode ser diferente em todos os sentidos.

O que indico não é apenas olhar o Guia de Motéis e suas estrelas. Nem mesmo ir pelo valor. Já fomos nos mais baratos que eram ótimos, aos caros que a qualidade só ficava no design do lugar.

Veja também: A experiência de uma balada liberal

Prestem atenção sempre à localização, principalmente se forem passar a noite e ir para o trabalho no outro dia, pois ficar na frente de avenidas ou em um bairro que tem um trânsito infernal, será chato! Uma noite de prazer e alegria, irá se tornar estressante logo no café da manhã.

Pegue informações com amigos e amigas. Não fiquem constrangidos com isso. As pessoas fazem sexo também, sabiam? Saber se aquele lugar é bom, qual o diferencial do quarto, se possui um estacionamento fácil (alguns são tão apertados que existe o perigo de você ficar preso, além de outros serem estacionamentos para o comércio da vizinhança), se é higiênico, o tipo de atendimento, se dá para escutar o quarto do vizinho, principalmente os ruídos do banheiro deles ao lado etc.

E não se esqueça, ir ao um hotel ou motel, não é apenas para sexo. Também é para se divertir com tudo o que o lugar te proporciona. Cama por por cama, fica em casa e aproveite um bom filme.

Related Post

Deixe uma resposta