Segunda Trash | Barbarella

Segunda Trash | Barbarella

Barbarella é um clássico de 1968. Foi lançado no natal daquele ano e acabou sendo um pesadelo de crítica.

Século XXXXI. As guerras já foram abolidas há muito tempo, mas Barbarella (Jane Fonda), uma bela agente, recebe um comunicado do Presidente da Terra (Claude Dauphin), dizendo que uma arma foi inventada e que isto pode perturbar a paz no universo. Assim, ela ganha a missão de evitar que tal mal aconteça.

Ela é a rainha da galáxia. E também sexy e guerreira!

Quando o filme foi realizado era para ser com “humor de Popeye misturado com Peanuts“, de acordo com os produtores. Mas não foi bem isso o que aconteceu.

Veja também: O que é um Filme Trash?

Barbarella mesmo com uma grande produção foi um total fracasso de crítica e público. Mas como se tornou  um clássico?
Bem, devido a garimpagem de fãs da atriz Jane Fonda e por diretores como Robert Rodriguez, que é um fã assumido de filmes trash já terem dito que gostariam de refilmar esta obra que mistura ficção, sexy, comédia e muita coisa trash.

O interessante deste filme é que Jane Fonda não foi a primeira escolha para interpretar Barbarella. As primeiras atrizes foram Brigitte Bardot, Virna Lisi e Sophia Loren que recusaram o papel.

E este filme é tão trash, que a cena mais famosa é quando a Rainhasexyguerreira deve enfrentar a máquina sexual que mata qualquer um de tanto prazer. Só que a máquina acaba não funcionando, pois o aparelho não consegue esgotar Barbarella.
Trash total!
Veredito nota 1

Related Post

Deixe uma resposta