Segunda Trash | Uma Noite Alucinante

Segunda Trash | Uma Noite Alucinante

Que tal um filme que ganhou uma série recente e está na Netflix? Confira um pouco das aventuras de Ash em Uma Noite Alucinante!

Cinco jovens vão passar um fim de semana em uma cabana isolada nos bosques de Tennessee. Os jovens têm estranhas experiências, obviamente causadas pela presença do Livro dos Mortos (o Necronomicon Ex Mortis, encadernado em pele humana e escrito em sangue) que encontraram. Logo depois encontram um gravador, dentro do mesmo uma fita que foi gravada pelo dono da cabana (um arqueólogo), contendo a tradução de algumas passagens do livro. Ao ser reproduzida (escutada) pelos estudantes, desperta os espíritos que estavam adormecidos e que habitam o bosque. Os espíritos começam a possuir os jovens um por um.

 Uma Noite Alucinante
Esta é a sinopse do primeiro filme, The Evil Dead, de 1981, dirigido por Sam Raimi que anos depois (olha anos), iria dirigir a trilogia do Homem Aranha com Tobey Maguire.

Este é um filme de muita importância para o mercado de terror. Hoje ele pode ser mais lembrado como trash, mas na época, ele imprimia muito medo.

Sam Raimi fez este filme como conclusão de seu curso de cinema e é colocado como um dos longas mais profissionais da história do cinema.

Outra curiosidade interessante deste longa, é que os atores (nenhum deles era ator), eram todos amigos de Sam. Isto já mostra o quanto de criatividade o diretor teve para criar The Evil Dead. E olha, que voltando a afirmar, ele dava muito medo. E ainda impõe respeito ao ser melhor que muitos outros do gênero com suas casas em milhões que nem chegam a dar um gelinho no estomago.
Uma Noite Alucinante tem tudo dos clichês de filmes de terror da época e que anos depois muitos outros acabaram copiando. A casa na floresta, um livro proibido, possessão etc.

Uma das cenas que mais me marcou é da dança da amiga que volta dos mortos. Foi assustador, mas hoje é engraçada.
The Evil Dead ganhou mais duas continuações, em 1987 e 1992, além de um remake em 2013.

As continuações são boas. Já o remake confesso que não conferi.

 Uma Noite Alucinante
E a franquia é tão boa e com uma legião de fãs, que The Evil Dead ainda ganhou um musical e a série que passa na Netflix, Ash vs The Evil Dead.

Veredito nota 5

Related Post

Deixe uma resposta