Tanto Faz, o veneno dos relacionamentos

Tanto Faz, o veneno dos relacionamentos

De todas as coisas que podem acabar com um relacionamento- de qualquer tipo-, o famoso “tanto faz” é o mais perigoso, pois é o primeiro e irreversível estágio que leva a problemas maiores que vão de fato encerrar a relação.

Parar de se importar com pequenas coisas, é algo que parece pouco, mas na realidade é muito grave. E culpar o parceiro(a) por isso, é muito fácil. O relacionamento acabou porque ela parou de ouvir? Porque ele parou de tentar fazer algo pra te agradar? É fácil culpar o outro quando ele chega no “Tanto Faz”, porém, o que o fez chegar lá?

Já parou para analisar quantas vezes você forçou a pessoa a parar de se importar? Quantas vezes fez aquilo que sabia que ia machucar, até a pessoa não aguentar mais a dor e escolher deixar pra lá? Ninguém para de se importar da noite para o dia, tem um longo caminho pra chegar lá, e quando chega, é quase impossível sair.

Quantas vezes não deu atenção a algo pessoal, importante, que tentaram te contar? Quantas vezes fez piada? Até que enfim a pessoa parou de compartilhar. E quantas vezes não falou algo que te incomodava, mesmo quando questionado? Até que a pessoa parou de perguntar, de ouvir.

Veja também: Relações vs Amor

Particularmente, acho que as pequenas mentiras são a maneira mais fácil de chegar no “Tanto Faz”. Aquelas que parecem pouca coisa, mas funcionam como um parasita, um veneno em doses homeopáticas que se instala na corrente sanguínea do relacionamento até que não exista mais antidoto que resolva.

São as pequenas promessas não cumpridas, aquelas que sempre há uma desculpa para justificar quebra-la, ou aquelas que são feitas apenas para calar uma discussão, sem a minima intenção de serem mantidas, e doem a cada vez que são quebradas. São os compromissos desmarcados porque algo “mais importante” surgiu.

Em dado momento, a pessoa para de se importar, para de compartilhar, para de fazer planos em conjunto, apenas persegue aquilo que irá lhe fazer bem. Porque nessa altura, não importa o caminho que o relacionamento vai tomar, agora, tanto faz.

Related Post

Deixe uma resposta